sexta-feira, 31 de outubro de 2014

PELOS ARES!


O Sr. Ministro da Defesa respondeu com satisfação que a expulsão dos aviões russos foi um sucesso. Isto já a referir-se à incursão do segundo dia. E eu a pensar que sucesso teria sido não os deixar entrar cá, uma vez que não estavam autorizados a fazê-lo. Que o tivesse dito referindo-se à primeira incursão, que fomos apanhados de surpresa, coisa e tal, mas agora já foi uma segunda "invasão" do nosso espaço. Isto terá alguma coisa a ver com aquela inconfidência do Sr. «José Manuel» sobre um alegado telefonema do líder Russo? Parece uma coincidência, uma vez que o Sr. José Barroso deixou hoje mesmo o poleiro europeu, onde esteve nos últimos 10 anos!

MF


terça-feira, 28 de outubro de 2014

CRÓNICA DE OPINIÃO AO SÁBADO NO «NOTÍCIAS DE ESPOSENDE» 25-10-2014




INOVAÇÃO, EMPREENDEDORISMO E REDES SOCIAIS
A presença na internet e nas redes sociais é uma realidade incontornável da sociedade atual. Empresas, organizações, instituições, associações, coletividades, grupos e as próprias pessoas a nível pessoal e individual passam hoje pela internet. Hoje mesmo, dia 24 de outubro, parece ser o «Dia das Compras na Net». Por aqui já se vê a importância que o comércio tem vindo a ganhar no recurso às plataformas eletrónicas, permitindo às pessoas comprar seja o que for, venha de onde vier, através de um click e a mercadoria chega em pouco tempo, mesmo que venha do outro lado do planeta.
Mas atenção também aqui existem riscos, e estou agora mesmo a lembrar-me de uma “piada” que li há dias sobre as comprar na Net e que por ser bem engraçada, aqui vou reproduzir: “Um senhor abeira-se do seu portátil, liga-se à rede e toca a encomendar um produto que procurava, num site da especialidade, é claro. Produto esse, que segundo anunciavam podia facilmente aumentar o “aparelho” de quem o adquirisse. O homem toca a encomendar e no dia seguinte lá lhe chega a encomenda em casa, como convém, em embalagem bem discreta, não fossem os vizinhos perceber que ali se fazia transportar algo que tivesse a ver com tamanho ou potência. Todo entusiasmado, toca a abrir o “embrulho”, ainda sem perceber que ia ser bem embrulhado e eis que o produto, a brilhar, fica à mostra: Pois, e não é que funcionou mesmo. Era uma lupa”. Bem, voltemos a “coisas" mais sérias.
É inequívoco que uma parte significativa da população, os mais novos a começar desde bem cedo, dominam as novas tecnologias. Quem não se lembra do «Magalhães” distribuídos logo na primária, a permitir o acesso e o domínio da informática. E mesmo aqueles [poucos] que se gabam de não ter facebook, blogue ou webpage, se não tem não deixam de por lá passar. Ainda há dias em conversa com um amigo, lá veio à baila o tema da internet, dos perigos para os mais novos, da sua utilização em excesso e do tempo ai passado em demasia, da má utilização e da utilização abusiva, lá me foi dizendo que só vai ao facebook porque assim vai controlando os filhos, as suas conversas, gostos e atividades. Pois é. A questão é mesmo esta, uns por isto, outros por aquilo, todos vamos tendo razões de sobra para estarmos ou irmos dando uma espreitadela no face e noutras redes sociais, como o twitter, o Hi5, o My Space, o Linkedln, o Netlog, o Skype e muitas outras páginas e aplicações.
A gestão bancária, não me refiro à dos banqueiros, mas à gestão das migalhas que sempre vamos movimentando, a consulta da ficha dos filhos na escola, a marcação de exames médicos ou consultas, a procura de empresas ou instituições, a procura de informações de todo o tipo, a comunicação com pessoas, independentemente do lugar em que se encontrem, a procura e o reencontro de velhas amizades, as compras de bilhetes de espetáculos e dos mais variados produtos, desde automóveis a simples livros e tudo o mais.
Não poderia deixar de referenciar aqui uma empresa de ponta, sediada em Palmeira de Faro, líder no comércio eletrónico, com uma intensa atividade e que emprega várias dezenas de pessoas. Em Esposende, ou a partir daqui também temos algumas comunidades internautas, como, «Esposendenses na Ribeira e no Mundo», jornais, como «O Novo Fangueiro», «Jornal Farol de Esposende», «Jornal Notícias de Esposende» e «O Forjanense» na rádio a «Esposende Rádio», na TV a «Esposende Serviços TV», blogues como o «Esposende altruísta» do Luís Eiras, «Esposende e o seu concelho», a web página do Município, da «Esposende2000» e da «Esposende Ambiente» e de algumas, poucas, Juntas de Freguesia e Ipss’s, aproveito para felicitar o Centro Social de Curvos, pela sua webpage totalmente renovada, o «Visite Esposende» e vários outros blogues e fóruns de discussão.
É, sem dúvida pela internet que hoje passa muita da informação e das discussões a cerca das temáticas da atualidade e dos mais variadíssimos temas. Hoje, já muita coisa gira em torno desta rede global, muito do comércio mundial passa por aqui, a maior parte das comunicações e comunicados, vejam-se as declarações dos responsáveis máximos do país, como o próprio presidente da república, governantes, autarcas, empresários, jornalistas e a uma grande parte da população. Isto a propósito da presença de Esposendenses na internet e aqui refiro-me à generalidade, ou seja, desde as pessoas a titulo individual, grupos, comunicação social, empresas, instituições, associações, igreja, etc., etc., etc.
Ao fazermos uma pesquiza pelo que se escreve e publica a partir daqui, da foz do Cávado, acabamos por ser surpreendidos, ou talvez não, pela existência de um considerável número de publicações, muitas delas a surpreendermos, essencialmente pela qualidade da sua presença e até pela notoriedade que atingem além-fronteiras.
Numa recente publicação do jornal Público, com uma separata onde aparece um registo do nosso Município, com um conjunto de empresas cá implantadas, pudemos constar muito do know-how cá existente, com empresas que criam valor e cuja imagem ajuda a potenciar o nosso concelho.
EMPREENDER E INOVAR ESTÁ NA GENESE DE INSTITUIÇÕES DE REFERÊNCIA E LÍDERES DE ELEIÇÃO
Mais do que nunca importa valorizar instituições e organizações que olhem a sua atividade muito para além do lucro e da própria criação de riqueza material e financeira. A inovação e o empreendedorismo social devem ser apoiados por forma a potenciar estas formas de gestão, que cria valor, que investe num crescimento sustentável e se preocupa com o bem-estar do ser humano e assim, com o futuro da humanidade
Empreender significa em primeiro lugar, mudar uma realidade em que estamos inseridos, à procura de sucesso, abraçando causas sociais e ambientais de entre várias outras. Ajudar organizações, grupos de pessoas, classes sociais, comunidades e contribuir para o bem-estar pessoal de cada um e para a harmonia social. Empreender socialmente visa maximizar as relações de confiança e de respeito que permitam o desenvolvimento sustentável de um local, uma região ou um país. A gestão das organizações deve privilegiar a utilização de técnicas produtivas inovadoras, aqui está a importância da I&D de que tanto tenho falado e da urgência na criação de um cluster tecnológico no concelho de Esposende, que atraia empresas criativas, técnicas comerciais e ambientais que protejam os recursos naturais, que criem produtos de valor acrescentado, que possibilitem a melhoria das condição de vida das pessoas visadas.
Está em curso neste momento no nosso concelho um projeto que visa selecionar as organizações a integrar o "Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social em Portugal". Sei que já se encontram pelo menos selecionadas 4 organizações, mas disso darei conta brevemente. É um projeto que visa descobrir e mapear as iniciativas inovadoras procurando a criação de conhecimento, usando uma metodologia de proximidade com as comunidades locais. O foco desta metodologia está na análise de competitividade dos modelos de negócio inovadores identificados, e na divulgação e disseminação, nacional e  internacional, de casos de sucesso e boas práticas nacionais. Nesse domínio, o presente projeto dará particular atenção à comunicação e partilha do conhecimento gerado, através da criação de uma ferramenta a disponibilizar “online” e que incluirá um mapa interativo com os projetos escolhidos, a produção de vídeos, a edição de um livro e a organização de eventos nacionais e internacionais. Tem como objetivo contribuir para o crescimento e competitividade de um novo mercado de inovação e empreendedorismo social nacional.
PRIMEIRO-MINISTRO INAUGUROU NOVO CENTRO ESCOLAR DE FORJÃES
A terminar uma referência para louvar a recente inauguração do novo Centro Escolar de Forjães, que contou com a presença do Senhor Primeiro-Ministro, Dr. Passos Coelho e do Sr. Ministro da Educação, Dr. Nuno Crato, que ali mesmo viu ser-lhe reconfirmada a confiança do líder do Governo, disso tendo sido dado especial relevo pela comunicação social nacional. Esteve bem o Presidente da Câmara, Arq.º Benjamim Pereira no seu discurso, pela clareza e pela frontalidade.
AGORA VENHA A REQUALIFICAÇÃO DA “ESCOLA SECUNDÁRIA HENRIQUE MEDINA”
Agora é preciso que seja intervencionada, com toda a urgência, a Escola Secundária Henrique Medina, em Esposende, por forma a restituir a necessária dignidade a esta Escola Secundária [para mim tão importante, pois tive o prazer de ai ingressar no ano em que foi inaugurada], que a comunidade escolar merece. Não nos podemos esquecer que esta Escola esteve incluída no programa da “Parque Escolar”, com uma intervenção orçada em cerca de 15 milhões de euros. Estou convencido que o governo vai ser sensível ao apelo do Presidente da Câmara, no apoio à intervenção que ali urge realizar e que o Município se compromete concretizar por um valor incomparavelmente inferior.
Mário Fernandes
24.10.2014

sábado, 25 de outubro de 2014

PASSOS COELHO NA INAUGURAÇÃO DO NOVO CENTRO ESCOLAR DE FORJÃES



PRIMEIRO-MINISTRO INAUGUROU O NOVO CENTRO ESCOLAR DE FORJÃES [BAIXO NEIVA]
Estive presente e quero louvar a recente inauguração do novo Centro Escolar de Forjães, que contou com a presença do Senhor Primeiro-Ministro, Dr. Passos Coelho e do Sr. Ministro da Educação, Dr. Nuno Crato, que ali mesmo viu ser-lhe reconfirmada a confiança do líder do Governo, disso tendo sido dado especial relevo pela comunicação social nacional. Esteve bem o Presidente da Câmara, Arq.º Benjamim Pereira no seu discurso, pela clareza e pela frontalidade.
AGORA VENHA A REQUALIFICAÇÃO DA “ESCOLA SECUNDÁRIA HENRIQUE MEDINA”
Agora é preciso que seja intervencionada, com toda a urgência, a Escola Secundária Henrique Medina, em Esposende, por forma a restituir a necessária dignidade a esta Escola Secundária [para mim tão importante, pois tive o prazer de ai ingressar no ano em que foi inaugurada], que a comunidade escolar merece. Não nos podemos esquecer que esta Escola esteve incluída no programa da “Parque Escolar”, com uma intervenção orçada em cerca de 15 milhões de euros. Estou convencido que o governo vai ser sensível ao apelo do Presidente da Câmara, no apoio à intervenção que ali urge realizar e que o Município se compromete concretizar por um valor incomparavelmente inferior, a rondar 1/3.
MF

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

NOVA «WEBPAGE» DO CENTRO SOCIAL DE CURVOS


http://centrosocialdaparoquiadecurvos.blogspot.pt/

CENTRO SOCIAL DA PARÓQUIA DE CURVOS

…Com «site» renovadíssimo, com uma bonita imagem, bem simpática, muito completo e profissional, para informar e interagir com os utentes, pais e encarregados de educação, famílias e comunidade.

As minhas felicitações por este novo espaço e um bem-haja pela excelência dos serviços prestados na área social e educacional, desde a infância até aos seniores.


Um forte abraço, às responsáveis, colaboradoras, utentes e demais comunidade.

MF


segunda-feira, 20 de outubro de 2014

CRÓNICA DE OPINIÃO NO SEMANÁRIO «NOTÍCIAS DE ESPOSENDE» 18-10-2014



ESPOSENDE TEM ARTISTAS DE REFERÊNCIA NACIONAL E INTERNACIONAL
Estes últimos tempos têm sido férteis em boas notícias para o nosso concelho, com a distinção pública nacional e regional de vários jovens Esposendenses e em áreas tão distintas, como, o desporto, a música, a arte, a culinária, o associativismo e a advocacia, de entre muitas outras.
Fernando Piedade, campeão nacional de Culturismo na categoria «Masters Portugal Classic 2014»; Paulo Gonçalves, que apesar do azar ainda se sagrou vice-campeão mundial de ralis em moto; Tânia Lima Mota, empossada presidente do Instituto de Jovens Advogados, da Ordem dos Advogados Portugueses; Duarte Peão nos doze finalistas do programa televisivo «Master Chefs» a passar na RTP; Tozé Carvalho, Kiki Afonso, Rafael Lopes, Fred Maciel, Arsénio Nunes e Dinis Almeida no Futebol; Sandra Fernandes, treinadora de futebol no nacional; João Barbosa na música, pertencendo à banda portuguesa «Like Us», com atuações previstas para Aveiro, Setúbal e Guimarães; Ana Madalena Ribeiro, violinista; Bruno Zão no desenho e na pintura, com exposição no Avesso em Esposende; João ribeiro na canoagem, ainda esta semana homenageado pela Secretaria de Estado do Desporto; Teresa Portela na canoagem; Joninhas vilar no Karate; Ricardo Dias, Forjanense na maratonista;
Destaco ainda o “Coro dos Pequenos Cantores de Esposende”, que acabam de editar o segundo cd. Aqui fica mais um conjunto de Esposendenses excelentíssimos, a quem felicito e desejo as maiores venturas e muitas conquistas para si próprios e para o nosso concelho. Estou certo que nem sequer se esgotam nesta lista o grande número de jovens Esposendenses que assumem protagonismo e liderança em muitas outras áreas de índole nacional e mesmo internacional, a quem reforço as felicitações e o desejo das maiores conquistas e o pedido para que nunca se esqueçam do concelho que os viu nascer.
 “O SABER DAS MÃOS” ESCULTURAS DE FERNANDO NETO NO MUSEU MUNICIPAL DE ESPOSENDE
Esposendense, nascido em 1947, herdou do seu pai o gosto pelo trabalho na pedra. Desde pequeno, familiarizado com o esculpir da pedra, uma arte de família, que vem passado de geração em geração e que tem dado a Esposende excelentes trabalhos aqui produzidos e muitos deles espalhados pelos quatro cantos do mundo. Dá gosto passar pelo seu atelier e ver as mais variadas obras, todas elas com um toque humano e a saber à realidade tantas vezes ali produzida com uma perfeição impressionante.
O Senhor Fernando Neto tem realizado nos últimos 40 anos obras de arte só ao alcance de verdadeiros artistas. Pelo que sei foi-se aperfeiçoando na arte de esculpir o corpo humano e fruto disso são as 17 obras atualmente em exposição no Museu Municipal de Esposende, onde sobressai a leveza do ser em excelente combinação com a beleza da pedra. Quero destacar aqui a escultura com “Adão e Eva» pela sua beleza. Mas são muitas as peças expostas na riquíssima Sala de Azulejos do nosso Museu, como, Romeu e Julieta, A Maternidade, A Família Mocho, O Beijo, Mulher, Os Noivos, Mulher na Praia, Os Namorados, Os Apaixonados, O Polvo I, O Polvo II, A Rendilheira, Sol Nascente, O Poente ou Pôr-do-sol, Agarrar o Mundo e Mulher Grávida.
Os seus trabalhos tem sido muito requisitados e encontram-se por todo o lado, tal como já referi, em especial por toda a Europa e com forte presença também no Brasil.
Cumprindo a tradição familiar Fernando Neto tem consigo a trabalhar um filho, Fernando Sérgio Neto, que segue este legado da juventude mostrando o seu talento ao lado do seu pai, que trabalhando em conjunto executam belíssimas obras de arte a revelar todo o talento dos artistas, a sua inspiração e a perfeição em tudo aquilo que fazem.
Sobre a exposição que se encontra patente no Museu, nada melhor do que terminar com uma citação do artista: “Um gosto sui generis, uma paixão natural e uma inspiração feminina são motes de uma escultura natural e única”. Recomendo. Vale a pena visitar.
VI EDIÇÃO DO ENCONTRO DE TEATROS DE ESPOSENDE
Organizado pelo GATERC, vai realizar-se a VI Edição dos Encontros de Teatro, este ano com 4 espetáculos a realizar nos meses de novembro e dezembro. Comédia e ação, com técnicas teatrais e linguísticas. Promover o teatro, através de linguagem popular e de qualidade e desenvolver um espaço de observação e de discussão. Dias 15, 22 e 29 de novembro e dia 13 de dezembro.
As minhas felicitações a todos os artistas que acabo de referenciar, em todas as áreas e a todos os outros, muitos que às vezes anonimamente levam o bem nome de Esposende e das suas gentes pelo mundo fora e assim engrandecem o nosso concelho e enchem-nos de orgulho.
Como é que no dia de hoje ainda há tantos alunos sem professor, se ao mesmo tempo temos milhares de professores sem alunos?
Gostava de saber porque é que se todos os anos se verifica um autêntico calvário na colocação de professores – este ano absolutamente inadmissível e porque é que o ME não elabora e divulga as listas com as colocações até ao final do mês de Julho [até para que os professores possam planear a sua vida, de acordo com o local onde forem colocados] e ainda para o caso de excecionalmente se verificar algum erro o mesmo possa ser corrigido em tempo útil, antes do inicio das aulas, sem prejudicar alunos, pais, professores, famílias e escolas?
Mais do que a atuação desastrosa deste ano, parece-me urgente mudar a própria política, ou seja, o calendário das colocações e se calhar alguma da metodologia. Só assim será garantida a tranquilidade necessária para um normal início de aulas.
E por falar em educação/escola/alunos, vamos ter esta segunda-feira o Primeiro-Ministro em Forjães para presidir à inauguração do novo Centro Escolar. Trata-se de um equipamento de excelência, como constatei in loco, embora talvez grande de mais, olhando às necessidades futuras, a rever em baixa, devido à falta de alunos, provocada pela baixa natalidade. De qualquer forma tenho alguma esperança que as medidas anunciadas pelo governo para apoio às famílias e à natalidade, apesar de ainda escassas, podem ser um incentivo ao nascimento de bebés. É de toda a importância que o Município, através do Conselho Municipal de Educação, proceda à atualização da CARTA EDUCATIVA, para que futuros investimentos tenham presente a evolução demográfica e as suas implicações a médio e longo prazo.
NOTA FINAL
Senhor Diretor do Jornal Notícias de Esposende – José Ferreira, pelo número e origem de reações que esta semana me chegaram, acerca da minha crónica do último número, garanto-lhe que o seu jornal é lido e relido por todo o concelho e por muita gente. Segundo me constou até origem terá dado a questões entretanto suscitadas ao Governo. Sr. Ferreira, o seu Jornal já ganhou o seu próprio espaço, por isso, faça favor de continuar… imperturbável, a informar e a dar a palavra a todos quantos pretendem fazer-se ouvir. Bem-haja!
Mário Fernandes
18.10.2014

sábado, 18 de outubro de 2014

MAGUSTO NA RUA DE S.CLÁUDIO EM CURVOS






No MAGUSTO da «NITA» em Curvos. Uma festa lindíssima, numa noite muito agradável, a proporcionar um magnífico convívio entre moradores e amigos. Parabéns à Nita, à Ana, à Joana e à Teresa e a todos quantos colaboraram para o sucesso desta festa.

MF


sexta-feira, 17 de outubro de 2014

OE'RA PARA 2015, QUER DIZER 2016!



Questionado sobre o que acho deste OE para 2015, apenas digo o seguinte: Não opino sobre um OE em que os seus responsáveis se vangloriam por aumentar 2,60€ por MÊS nas pensões mais baixas. Um OE que deixa de considerar os juros de crédito para HABITAÇÃO e que promete benesses para o ano… em que já não for governo, não me merece mais comentários. Bem, já para não falar no desinvestimento na Educação. Está tudo dito!

MF


ÉBOLA, CUIDADOS A TER!



MF

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

CONTINUAM A FALTAR PROFESSORES NAS... ESCOLAS!


Como é que no dia de hoje [13.10.2014] ainda há tantos alunos sem professor, se ao mesmo tempo temos milhares de professores sem alunos?

Gostava de saber porque é que se todos os anos se verifica um autêntico calvário na colocação de professores – este ano absolutamente inadmissível e porque é que o ME não elabora e divulga as listas com as colocações até ao final do mês de Julho [até para que os professores possam planear a sua vida, de acordo com o local onde forem colocados] e ainda para o caso de excecionalmente se verificar algum erro o mesmo possa ser corrigido em tempo útil, antes do inicio das aulas, sem prejudicar alunos, pais, professores, famílias e escolas?

Mais do que a atuação desastrosa deste ano, parece-me urgente mudar a própria política, ou seja, o calendário das colocações e se calhar alguma da metodologia. Só assim será garantida a tranquilidade necessária para um normal início de aulas.

MF


CRÓNICA DE OPINIÃO AO SÁBADO NO «JORNAL NOTÍCIAS DE ESPOSENDE» DE 11-10-2014



BENJAMIM PEREIRA ESTÁ A «GANHAR O FUTURO» DE ESPOSENDE
BALANÇO MUITO POSITIVO E ENCORAJADOR DO 1º ANO DE MANDATO, TANTO PELO TRABALHO DESENVOLVIDO COMO PELAS OBRAS E PROJETOS PRONTOS A AVANÇAR!
Estando a completar-se o primeiro ano do atual mandato autárquico, quero aproveitar para deixar aqui a minha análise àquilo que tem sido realizado pelo executivo presidido pelo Arq. Benjamim Pereira e a sua equipa. Apesar de reconhecidamente um ano não dar para muita “coisa” e de a população querer sempre mais e melhor; apesar de os tempos serem outros e o estado do país ser aquilo que todos sabemos, em profunda crise, considero este início de mandato muito positivo.
Nesta análise vou apenas focar-me no que foi feito neste mandato, sabendo que há projetos que já vinham do mandato anterior, da Presidência do Dr. João Cepa, do qual alias também já o atual presidente fazia parte enquanto vice-presidente. Há muito a tendência para a comparação com o anterior executivo e a anterior presidência e muito haverá para comparar, pois estamos a falar de pessoas diferentes e quando assim é cada uma tem a sua própria personalidade, os seus gostos, conceitos, prioridades, ideias e ideais. Parece-me ser ainda cedo para grandes comparações, de qualquer forma existem alguns pontos de convergência, como, a seriedade, o profissionalismo, a entrega e o gosto pela nossa cidade e pelo nosso concelho. O sucesso do atual executivo é o sucesso do nosso concelho, por isso envio daqui a melhor sorte para este executivo, pois estou certo que aquilo que desejam para este magnífico concelho, para as suas 15 freguesias e para todos os Esposendenses é o desenvolvimento e a qualidade de vida.
Vamos lá então à minha análise ao primeiro ano deste mandato. Das razões que me levam a esta avaliação positiva, fazem parte as que de seguida passo a enumerar;
Do início do mandato, foi este executivo logo confrontado com uma excecional intempérie, que há mais de uma década não se verificava, tendo logo aí despendido grandes recursos e meios financeiros para fazer face aos estragos, tendo sido gasta uma verba que terá andado acima dos 500 mil euros.
Foi também dado seguimento e/ou inicio a obras municipais importantes, a maior parte delas já concluídas, como o Centro Escolar de Forjães [a inaugurar no próximo dia 20, pelo Senhor Primeiro Ministro, Dr. Passos Coelho], as obras nos Estádios de Esposende, Marinhas e Forjães, o Polidesportivo de Rio de Moinhos em Marinhas, as requalificações dos Cemitérios de Curvos e de Rio tinto, o Clube Náutico de Gemeses, o Centro Social de Antas de entre vários outras obras de pequena dimensão mas muitas vezes de grande importância para os residentes.
O apoio às escolas, proporcionando um arranque tranquilo do ano escolar no nosso concelho, bem diferente daquilo a que temos assistido a nível nacional, o apoio ao desporto, com uma agenda riquíssima e muito diversificada a dar importância às atividades e modalidades marítimas e fluviais, o festival sons de verão, o congresso da passada semana com grande projeção e interesse das CPCJ’s, tratando do tema da proteção de crianças e jovens e envolvendo outros municípios, etc., etc., Vê-se claramente que o Município tem POLITICAS SETORIAIS para as áreas mais importantes de intervenção, como a PROTEÇÃO CIVIL, com um vice-presidente presente e de ação, Dr. Maranhão Peixoto, a EDUCAÇÃO, com a eficaz Vereadora, Dr.ª Jaqueline Areias, a AÇÃO SOCIAL com a discreta mas eficiente Vereadora, Eng.ª Raquel Vale e para o DESPORTO, com o dinâmico Vereador, Dr. Rui Pereira.
Sei que tem vindo a ser desenvolvido um trabalho exaustivo de elaboração de projetos e de candidaturas a fundos públicos em especial da União Europeia. Falo aqui do Portugal20’20 do ITI – Investimentos Territoriais Integrados, no âmbito da CIM-Cávado e no aproveitamento das verbas do QREN, designado de Overbooking. É que como já aqui escrevi em anteriores crónicas há ainda uma significativa verba do atual QREN por gastar. Trata-se de projetos de grande importância para o nosso concelho e estamos a falar de entre outros de;
OBRAS DO PROGRAMA POLIS COM UM TOTAL DE 26 MILHÕES DE EUROS, PARA GASTAR AGORA CERCA DE 14 MILHÕES DE EUROS;
MARGINAL DE FÃO;
FRENTE MARITIMA DE SÃO BARTOLOMEU DO MAR;
RESTINGA COM DRAGAGEM DO CANAL [Contrato de empreitada assinado esta semana com o valor de 2.9 milhões de euros];
RENATURALIZAÇÃO DO SISTEMA DUNAR, COM VERBA SUPERIOR A 700 MIL EUROS;
OFIR, NUMA ATUAÇÃO DE EMERGÊNCIA, COM CILINDROS GEOSINTÉTICOS, PRAÇA, COM MAIS DE 1 MILHÃO DE EUROS JÁ ALOCADOS;
DRAGAGEM DA DOCA DE PESCA – ESTA UMA OBRA COM RECURSOS EXCLUSIVAMENTE CAMARÁRIOS;
Há ainda um conjunto de projetos do Município que estão a iniciar-se, como;
Requalificação do Cemitério de Apúlia, já adjudicado;
3ª Fase da requalificação da Av.ª Engº Arantes de Oliveira – marginal de Esposende, a norte do Farol e a sul das Piscinas Municipais, orçamentada em cerca de 840 mil euros;
A instalação de 2 torres de OBSERVAÇÃO de aves, uma na praia de Belinho e outra na praia de Apúlia. Torres com cerca de 12 metros de altura, num investimento de aproximadamente 150 mil euros.
Encontra-se também a Câmara a negociar com o Ministério das Finanças a cedência de 2 equipamentos muito importantes, para colocar ao serviço do concelho, o Forte de São João Batista e a Estação Raio-naval de Apúlia. Depois de assumidos pelo Município deverão ser feitas parcerias com Universidades e outros centros de investigação e desenvolvimento para aqui instalar centros de ciência e estudo ligados ao mar e ao rio.
Deixei para final uma das grandes obras em fase de conclusão e estou a falar da revisão do PLANO DIRETOR MUNICIPAL «PDM». Revisão esta iniciada há cerca de 10 anos e que agora se encontra em fase de conclusão. Finalmente aprovado e por unanimidade em reunião de Câmara, aqui felicito toda a vereação, sempre vamos ter um plano revisto que é estratégico para o desenvolvimento e para a coesão do nosso concelho. A consulta pública inicia-se no dia 16 deste mês e termina no 26 do mês de novembro. O PDM encontra-se acessível à distância de um clic, no website do município de Esposende, em www.cm-esposende.pt.
Ao falar do executivo, da sua atividade e funcionamento, dos seus projetos e das suas obras, não seria justo ignorar o papel dos vereadores, de todos, incluindo claro está os da oposição, Dr. João Nunes do PS e Dr.ª Berta Viana do CDS, bem como o papel da própria Assembleia Municipal, onde são aprovados os instrumentos de gestão e as contas do Município. Sempre que esteja em causa o superior interesse dos Esposendenses os vereadores devem despir as camisolas partidárias e unir esforços em prol do concelho. Parece-me que no essencial é isto que se tem verificado e ainda bem.
Registo ainda com agrado, enquanto munícipe a presença do nosso Presidente, no Comité Europeu das Regiões, em representação do nosso Município e dos demais Municípios Portugueses, onde se deslocará na próxima semana ao Encontro a realizar em Bolonha - Itália, a sua presença enquanto membro da Associação Nacional de Municípios Portugueses [ANMP] e a presidência da Agência de Energia do Cávado.
Se as obras em curso e em projeto se concretizarem, ou pelo menos a sua grande maioria, como espero, farão com que Esposende mantenha o ritmo de investimentos a que felizmente fomos habituados, em contraciclo com o que se passa com o resto do país. Para isso é indesmentível que contribui e muito a boa saúde financeira do Município, fruto de uma gestão criteriosa e de grande rigor.
Sei ainda que se encontra em elaboração o PROJETO DE DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO DO CONCELHO DE ESPOSENDE”, uma das promessas e agora apostas deste executivo, tendo sido já realizadas algumas ações de visita a empresas, de elaboração de um plano de melhoria para a Zona Industrial, e de uma politica de apoio efetivo à fixação e empresas e à criação de emprego com a realização do reforço de parcerias com os agentes locais, como a ACICE, a COOPERATIVA AGRICOLA e outras associações de desenvolvimento local.
Haverá quem diga que é pouco, que esperava mais, que podia ser feito de outra forma, mas caros leitores a ação e a dinâmica do Município e desta equipa são inequívocos e indesmentíveis porque as obras estão aí veem-se e usufrui-se delas e as atividades são muitas, nas quais muitos de nós, independentemente da idade ou da faixa etária, participamos.
Se há reparos a fazer a este executivo e há, da minha parte, estes limitam-se à descrição com que atua, talvez defendendo-se em excesso da exposição pública. Deste primeiro ano de mandato fica a imagem de um presidente pouco adepto dos holofotes da ribalta, mas a mim importa-me acima de tudo que execute o programa com o qual foi eleito, continue a desenvolver o nosso concelho e satisfaça as necessidades e anseios da população.
O ser humano quer sempre mais e ainda bem e aquilo que eu espero dos responsáveis políticos eleitos é que tenham ambição e lutem pela sua terra, unicamente em prol do interesse coletivo, pela saúde, segurança, bem-estar e qualidade de vida dos Esposendenses.
Da minha parte, o Município e as Instituições podem continuar a contar comigo, seja nas associações, na autarquia, ou simplesmente enquanto cidadão interessado, ativo e interveniente. FORÇA, ESPOSENDE!
Mário Fernandes;
11-10-2014

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

CRÓNICA DE OPINIÃO NO «NOTÍCIAS DE ESPOSENDE» DE 04 DE SETEMBRO DE 2014



CÂMARA MUNICIPAL APRESENTOU O «GUIA TURÍSTICO DE ESPOSENDE»
Benjamim Pereira, Presidente da Câmara Municipal de Esposende apresentou um novo GUIA TURISTICO do Concelho, onde inclui as 15 Freguesias. Estive presente na sessão de apresentação desse novo Guia, realizada no dia 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo, no Posto de Turismo, agora designado de Posto de Informação Turística «Tourism Store».
O Presidente da Câmara informou os presentes que encheram o auditório, que a revisão do “Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo de Esposende” se encontra em curso e vai encaixar no “Plano de Desenvolvimento Económico do Concelho”. Mais referiu que está em perspetiva, no âmbito do programa Polis Litoral Norte, um conjunto muito importante de intervenções na zona costeira, desde Caminha a Esposende salientando a «Ecovia do Litoral Norte» que virá embelezar o litoral e convidar turistas e visitantes a desfrutar das belezas naturais deste extenso litoral.
Foi também apresentada uma Plataforma informática de “Birdwatching”. Trata-se de um site exclusivamente dedicado à «observação de aves» no Parque natural do Litoral Norte. Gostei muito da imagem desta “webpage” e da sua forma de operar e estou convencido que esta nova ferramenta poderá dar resposta aquilo com que tanto lutamos que é o combate à sazonalidade do nosso turismo. É importante que à semelhança desta parceria, público/privado sejam realizadas muitas outras que potenciem o turismo e tragam até nós visitantes de todo o mundo e em todos os meses do ano.
Deixo aqui um pequeno resumo do Guia Turístico do Concelho de Esposende, porque sei que o mesmo dificilmente chegará a todas as casas e porque o considero uma mais-valia também para os Esposendenses;
O CONCELHO: Origens da cidade e do concelho, da elevação a Vila e a concelho, a cidade, a história, a localização, o rio Cávado e o Neiva, os Castros de S. Lourenço e do dos Desamparados em Palmeira de Faro, as casas abrasonadas, e as 15 freguesias. Aqui quero felicitar a Câmara Municipal por ter optado e muito bem por manter as 15 freguesias, ignorando a patética lei da extinção que veio impor as uniões.
O PARQUE NATURAL DO LITORAL NORTE: São 18 km de costa, do Neiva, em Antas até Apúlia, com uma riqueza impar com uma biodiversidade única. A fauna e a flora, o estuário, os passadiços, os miradouros, os moinhos de Apúlia e os campos em masseira, as praias, os guarda-rios e os abrigos de observação de aves. Como já referi, este Parque Natural dever-se-ia chamar PARQUE NATURAL DE ESPOSENDE, uma vez que se situa unicamente no nosso concelho e porque assim mais facilmente seria identificada a sua localização por aqueles que nos visitam, sejam portugueses, ou sejam estrangeiros.
O TOP 5. Apresenta os 5 principais locais a visitar [escolhas questionáveis, não porque estes 5 nãos estejam bem, mas porque podiam incluir mais 5 e virar-se um pouco mais para o interior], a saber.
A CIDADE FOZ DO CÁVADO: História, Centro de Informação turística, património, como Museu Municipal, Capela do Senhor dos Aflitos, Pelourinho, Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, Capela da Senhora da Saúde, Igreja da Misericórdia, Capela do Senhor dos Mareantes, busto do poeta António Correia de Oliveira, busto de António Rodrigues Sampaio, no largo com o mesmo nome, Câmara Municipal, Palacete de Valentim Ribeiro da Fonseca, Igreja Matriz, Monumento ao Homem do Mar, Museu Marítimo, Piscinas Municipais Foz do Cávado, Estátua de D. Sebastião, Capela de São João Batista, cruzeiro, Hospital Valentim Ribeiro da Fonseca, Forte de São João Batista. M ermos de atividades é dado especial destaque à Semana Santa, já com grande tradição num concelho com fé e tradições.
FÃO E OFIR: Aqui é dada especial importância ao centro histórico da Vila de Fão. Apresenta a Av.ª do Bom Jesus e igreja com o mesmo nome, Capela de Santo António da Fonte, Capela de Nossa Senhora de Fátima, Igreja da Misericórdia, Largo do cortinhal, enquanto principal ponto de encontro das gentes da terra, a Igreja Paroquial, as Alminhas do Cais, a Ponte D. Luís Filipe, tradicionalmente conhecida como Ponte de Fão, a zona ribeirinha, os cavalos de Fão, o Facho e a Capela da Senhora da Bonança e o Cemitério Medieval.
Apúlia terra de sargaceiros: Os Sargaceiros, os Moinhos de Vento, os campos em masseira, a frente marítima, a Igreja Matriz, a Capela da Senhora da Guia.
S. Lourenço e o planalto megalítico de Vila-Chã: O magnifico Centro Interpretativo de S. Lourenço, o Castro, a Capela e o Miradouro de S. Loureço, a Mamoa e os Dolmens,
a lendária Barca do Lago: O rio, a Capela da Senhora do Lago, as Alminhas da Barca e os vários solares.
MAIS PARA VER: Antas: Minante, Menir, Solar de Belinho; Belinho: Miradouro e Capela da Senhora da Guia; Mar; A romaria, a Igreja Velha de Mar e o Menir; Palmeira de Faro: Castro do Senhor dos Desamparados, Alameda de Santo António, Faro e Casa de Manuel de Boaventura; Curvos: Miradouro do Alto de Frossos com binóculo, Marcos da Casa de Bragança, Igreja Matriz, Capelas, Quintas, vinho verde; Marinhas: Centro de Educação Ambiental, Moinhos da Abelheira e Casa de Viana de Lima; Gandra: Igreja Paroquial e Capela da Senhor da Guadalupe; Fonte Boa: Barca do Lago e Fonte do Couto; Rio tinto: Marachão e Capela dos Reis Magos e Forjães: Centro Cultural de Forjães, Painéis de azulejo, Igreja Paroquial, cruzeiro e escadório, Solar de Pregais, Quinta de Curvos e cestarias.
MAIS PARA FAZER: Gastronomia e vinhos; folclore, festas e romarias; outros eventos; fora de horas e onde dormir.
Este GUIA TURISTICO DO CONCELHO DE ESPOSENDE vem juntar-se ao livro recentemente apresentado pela Câmara Municipal intitulado «Esposende-Lugares de tempo e de memória" e ainda ao Guia Turístico Infanto-Juvenil "Sebastião e Clarinha à descoberta de Esposende". Concluem-se assim um conjunto de iniciativa que promovem Esposende de uma forma atrativa através de uma imagem de excelência de um território único e com forte dinâmica que enriquecem e dão vida expressão à agenda cultural de Esposende.
“O CENTRALISTA”
O Dr. António Costa foi eleito por larga margem candidato do PS a PM. Espero ver «primárias» noutros partidos, pois pode passar por aqui alguma da renovação do sistema político partidário. Bem sei que não é possível e se calhar nem é desejável, mas que gostava de saber o resultado da votação dos militantes e a dos simpatizantes em separado, lá isso gostava. Talvez esteja aqui a explicação para a maioria absolutíssima de António Costa. O Dr. Seguro acabou afastado pela sua própria estratégia, pois talvez não estivesse à espera de tantos… simpatizantes.
Pena que o Dr. Costa ainda há 1 ano atrás eleito para 4 anos, venha agora, na primeira oportunidade esquecer o compromisso com os eleitores, porque o cargo em “mira” é bem mais apetitoso. Parece-me que a vitória de Costa nos traz um político com grande apetência para a centralização e para a atenção ao terreiro do paço em detrimento do todo nacional.
DEMISSÕES SEM REMODELAÇÃO
Pelo Governo tivemos mais uma demissão, desta feita do Secretário de Estado das Florestas, que parece que não vai ser substituído. Estamos quase a concluir que não estaria lá a fazer nada, ou então, quem sabe a fazer demais. Apesar de haver Ministros com políticas muito contestadas [educação, justiça e saúde…], a esperada remodelação ainda não foi desta.
COMERCIANTES DÃO VIDA À CIDADE
Os comerciantes de Esposende estão a dar luta à crise, com muita criatividade, muita originalidade e atividades e eventos de grande projeção. Esta semana foi rica em organizações locais. Primeiro foram os comerciantes e moradores do Largo Fonseca Lima organizaram uma magnífica noite oriental a proporcionar aos seus clientes, amigos e visitantes uma noite diferente, onde foi possível tomar um copo da maneira mais informal e imprevista.
Depois foram os da Rua Direita [1.Dezembro] em Esposende que assim viveu uma tarde muito animada no passado sábado, com um desfile de moda da «SAPATARIA ROSE» e outros comerciantes daquela rua. Parabéns à Sapataria Rose pelos 25 anos e à sua proprietária pela brilhante ideia que trouxe animação, “glamour” e vida, muita vida a esta lindíssima rua da nossa cidade. A rua encheu-se de pessoas que quiseram ver esta gala, muitas foram positivamente surpreendidas quando se encontravam simplesmente a passear pela rua. Que a estes exemplos se sigam outros, nesta e em outras ruas. Assim se promove o comércio local e se atrai pessoas à cidade. Bem-haja. É de todo o interesse que a ACICE e a Câmara olhem para estes exemplos, que segundo sei também patrocinaram e reforcem os seus apoios a iniciativas destas, localizadas, por ruas ou zonas e até freguesias pois está visto que o formato é excelente e funciona na perfeição. O comércio local faz parte da alma de uma cidade!
Mário Fernandes;
04-10-2014

domingo, 5 de outubro de 2014

VIVA A REPÚBLICA PORTUGUESA



VIVA A REPÚBLICA PORTUGUESA!

Mais um «5 DE OUTUBRO» com os mesmos protagonistas, a fazerem os mesmos discursos de sempre, ano após ano, repetitivos, gastos, enfadonhos e aparentemente dirigidos ao «povo», quando os seus destinatários são nada mais nada menos que… eles mesmos, protagonistas que nos trouxeram até “aqui”, que continuam a governar e querem continuar a fazê-lo.

Praticamente a única coisa que este ano melhorou, foi mesmo a posição da bandeira, içada na posição correta. Meus senhores, por favor poupem-nos a esta canseira, a este “disco riscado"; Qual reforma Eleitoral, qual reforma do Estado, qual quê? É verdade que estas “reformas” podiam contribuir para a credibilização da política, mas como os principais visados seriam os próprios políticos, estas jamais se farão.

VIVA PORTUGAL, VIVA A REPÚBLICA PORTUGUESA, VIVAM OS PORTUGUESES!

MF


COLISEU DO PORTO AO RUBRO EM NOITE MÁGICA COM ANTÓNIO FAGUNDES







TOP! Grande "António Fagundes" a proporcionar uma noite mágica no Coliseu do Porto, com o espetáculo «TRIBO». Felicitações para toda a equipa de excelentes atores vindos do Brasil, bem nossos conhecidos das telenovelas.


…Uma história de surdez a fazer-nos pensar numa civilização tão surda e tão cega como nunca! Temos que vencer o egoísmo e o egocentrismo. Teatro vs televisão e jornais vs internet. Um não substitui o outro, complementam-se!


MF