terça-feira, 3 de outubro de 2017

OBRIGADO!



Um abraço a toda a equipa e a todos os que confiaram em nós. A Vitória da Humildade, da Seriedade e da Competência.
OBRIGAD❤️!
MF

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

CURVOS




















Muito obrigado a todos os Curvenses e Palmeirenses pela simpatia e apoio. Se durante a tarde fomos magnificamente recebidos e acarinhados, à noite tivemos uma plateia calorosa a mostrar todo o seu apoio a estas equipas de excelência do PSD. Obrigado! 😉
Hoje, a partir das 14 horas, vamos calcorrear as ruas de Palmeira de Faro, para o contacto pessoal e presencial com os Palmeirenses. Até logo. Um abraç
MF
❤️


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

PARTIU UM HOMEM BOM



A minha homenagem a um grande Senhor; D. António Francisco dos Santos, Bispo do Porto, que hoje faleceu, vitima de ataque cardíaco. Tive o privilégio de o receber na Sede da Junta de Freguesia de Curvos, numa cerimónia lindíssima, onde apresentei a renovada webpage da Junta. Também tive a honra e o prazer de com ele privar, recebendo-o em minha casa. Uma morte prematura a levar cedo de mais um ser humano de excepção. Um Homem simpático e afável, perspicaz e de uma sabedoria excepcional. De trato fácil e linguagem muito directa, criava grande empatia com as com que se cruzava. As suas visitas pastorais às paróquias continuam a ser recordadas com carinho. Um abraço solidário aos seus familiares e à Diocese do Porto.

MF


terça-feira, 29 de agosto de 2017

JUNTA DE CURVOS ENCHEU-SE PARA A APRESENTAÇÃO DOS CANDIDATOS DO PSD




DE C❤️RAÇÃO CHEIO!



Muito obrigado a todos; À magnifica EQUIPA, que está de parabéns pela postura e caráter e às centenas de pessoas presentes.


PALMEIRA DE FARO E CURVOS EM PRIMEIRO, PARA AFIRMAR ESPOSENDE.

Um abraço, forte.








sábado, 26 de agosto de 2017

PSD APRESENTA LISTA CANDIDATA À UF DE PALMEIRA DE FARO E CURVOS

PSD

Hoje, às 21 horas, na Sede da Junta de Freguesia de Palmeira de Faro, apresentação da Lista do PSD à Junta de Freguesia da União de Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos.

Tenho a honra e o orgulho de liderar esta equipa e gostava de poder contar nesta sessão com a presença dos amigos e das pessoas, que, como nós, gostam de Palmeira de Faro e de Curvos.

Hoje é em Palmeia, segunda-feira, à mesma hora, é em Curvos.

MF


sexta-feira, 18 de agosto de 2017

CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DA JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE PALMEIRA DE FARO E CURVOS


Prezadas Amigas e Amigos;
Caros Palmeirenses; Caros Curvenses
É uma honra, um orgulho e um privilégio, liderar a Lista do PSD à União de Freguesias de PALMEIRA DE FARO e CURVOS.
Uma equipa fantástica, constituída por MULHERES e por HOMENS, muitos jovens, com formação tão diversa, com grande COMPETÊNCIA e com provas dadas nos vários setores da sociedade.
Gente HONESTA que AMA a sua terra e que quer contribuir para o DESENVOLVIMENTO, o PROGRESSO e a QUALIDADE DE VIDA das PESSOAS.
Contar na minha equipa com pessoas tão distintas como o inspetor FERNANDO CRUZ e o prof. AUGUSTO SILVA, de todos sobejamente conhecidos, pelas suas posturas de retidão, de seriedade e de competência, é um grande privilégio.
Une-nos a paixão pelas nossas freguesias e o gosto pelo trabalho em prol do coletivo.
Poder contar com toda uma equipa de 26 pessoas tão empenhadas e comprometidas com este projeto é algo que nos dá uma enorme satisfação e a garantia de que temos reunidas todas as condições para realizarmos um excelente trabalho.
Contamos também CONSIGO, para connosco restituir a VITALIDADE e o querer fazer das gentes sábias de PALMEIRA DE FARO e de CURVOS.
Convosco e com um PROGRAMA arrojado, mas REALISTA, vamos levantar bem alto o BOM NOME destas nossas duas FREGUESIAS. Contamos com «TODOS POR PALMEIRA DE FARO E CURVOS».
LISTA DO PSD - Partido Social Democrata
ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE PALMEIRA DE FARO E CURVOS
- Mário Ferreira Fernandes
- Fernando Gabriel Neves da Cruz
- Ana Cristina Azevedo Carvalho
- Augusto José Fernandes\ da Silva
- Vânia Alexandra Gonçalves de Sá
- Inês Catarina Matos Viana
- Rui Miguel Lima do Vale
- Luís Manuel Alves da Fonseca Lima
- Sónia Patrícia da Costa Marques
- Miguel Ângelo da Venda Dias
- Lúcia Andreia Figueiredo Peres Santos
- José Carqueijó Saleiro de Lima
- Pedro Alexandre Rodrigues dos Santos
- Diana Tomé Portela
- Manuel dos Passos Laranjeira Rodrigues
- Luís Carlos da Silva Garrido
- Daniela Loureiro da Silva Laranjeira
- Vitor Manuel Lopes Menina
ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ESPOSENDE
- Fernando Manuel da Silva Carvalho
- Ricardo Joel Fernandes Azevedo
- João Pedro Filipe da Silva
- Pedro Santos Calheiros
- Ana Margarida Gomes Vieira
- Sandra Patrícia de Sá Gomes
CÂMARA MUNICIPAL DE ESPOSENDE
- Mário Rui Pereira Ferreira Neiva Losa
- Sara Sofia Pereira dos Santos\
Podem contar connosco! 😉
Um abraço, forte, com amizade, estima e consideraçã❤️!

MF

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

TODOS POR PALMEIRA DE FARO E CURVOS


Como é bom sentir que estamos a devolver a esperança às pessoas.

Agora sim, todos por Palmeira de Faro e Curvos!

Partido Social Democrata.

MF

terça-feira, 15 de agosto de 2017

CINQUENTENÁRIO DE SACERDÓCIO!



Excelentíssimo Senhor,
Padre Armindo Patrão de Abreu
Pároco de Curvos e de Palmeira de Faro

Realizando-se hoje, dia 15 de agosto de 2017, a festa comemorativa do “Cinquentenário de Sacerdócio” do Sr. P.e Armindo, venho, a título pessoal, dirigir-lhe uma pequena mensagem, alusiva à efeméride;
Como sabe, sou das pessoas que consigo colaborou de uma forma ativa, em diversas organizações e grupos da Igreja; Confrarias, Fábrica da Igreja, Centro Social, catequese e Ministro Extraordinário da Comunhão. Muitas funções, para um vasto conjunto de tarefas e “missões”. Sempre que estou, estou de corpo e alma e foi assim que fiz questão de estar. Gostei, como gosto, de trabalhar pela Igreja e pela comunidade paroquial.
Sempre o fiz desinteressadamente e em muitos casos e muitas vezes com grande sacrifício pessoal e até familiar. A vida é mesmo assim. Vale a satisfação pessoal de ver que fazemos algo pelos outros e pela nossa terra. Como acho que os grupos e instituições se devem renovar com alguma regularidade, sempre soube estar, mas também sempre fiz por saber sair. Foram experiências muito enriquecedoras e gratificantes. Ocupações que nos preenchem e nos fazem felizes!
Mas como a comunidade também tem a sua organização civil, também nas funções de Presidente da Junta de Freguesia de Curvos, que exerci durante vários mandatos, pude partilhar com o Sr. Padre Armindo muitos momentos de alegria e de realização. Também aqui houve um comportamento correto e institucionalmente irrepreensível.
Sempre estive, como estou, disponível para ajudar e para colaborar com a Igreja e as suas organizações e instituições.
Nestes últimos, cerca de vinte e cinco anos, poder trabalhar com o Sr. Padre em prol da comunidade, foi para mim um prazer e uma honra. Da minha parte sempre teve a necessária solidariedade e a colaboração que a cada função, ou funções, se aplicavam.
Envio-lhe os parabéns, por tão importante data e desejo-lhe as maiores felicidades, tanto no sacerdócio, como a nível pessoal.
Com os melhores cumprimentos,
Curvos, 2017/08/15.
____________________________________
Mário Ferreira Fernandes

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

EVOLUIR E AVANÇAR


Desculpem-me os (pseudo) intelectuais e as (ditas) elites, mas é disto que eu gosto mesmo; De falar com as pessoas mais simples, os cidadãos anónimos, de todas as idades, aqueles que no fundo nos dizem, com a maior das simplicidades, aquilo que lhes vai na alma. 

É muito gratificante constatarmos, pessoalmente, que de facto as pessoas sabem bem, mas tão bem, aquilo que querem e aquilo que efetivamente não querem.

É com pessoas esclarecidas que a sociedade evolui e… avança!

MF

sábado, 29 de julho de 2017

CARTA ABERTA


- À ELSA FERNANDES
- E AO CENTRO SOCIAL DA PARÓQUIA DE CURVOS

Caríssimos;
Elsa Fernandes;
Centro Social da Paróquia de Curvos;
Pais e encarregados de educação;
Utentes e demais comunidade.

Cordiais saudações.

Não poderia nunca, por enorme gratidão, deixar passar em claro, um momento tão especial como o presente, deixando aqui um testemunho pessoal de agradecimento, pela forma absolutamente exemplar, como a Elsa Fernandes se entregou e dirigiu esta distinta Instituição nos últimos cerca de 20 anos.

Estávamos nos idos anos de 1997 quando a Elsa, depois de um processo natural de seleção a que foi sujeita, iniciou funções no Centro Social de Curvos. Sei que houve quem lhe desse o beneficio da dúvida e quem desconfiasse. Até a “fabriqueira” foi chamada a pronunciar-se. Tudo natural, tudo normal.

Nada melhor do que iniciar funções como… motorista. É verdade. No início apenas trabalhava a tempo parcial, fazendo os transportes na “Mitsubishi” de nove lugares. Tal como eu esperava, o seu bom desempenho logo se começou a notar e tanto os pais como os utentes, na altura apenas constituídos pelas meninas e pelos meninos, começaram a nutrir pela “motorista” uma especial simpatia e carinho. Claro que para isso contribuiu a sólida formação humana e o gosto por ajudar.

Com o passar do tempo, a direção, que na altura contava com o saudoso “Freitas”, atenta, soube aproveitar as potencialidades desta sua nova colaboradora, a quem convidou para passar a integrar o quadro de pessoal e assim dedicar-se a cem por cento ao Centro. Como se vê, não houve nem cunhas, nem amiguismo. Houve um percurso normal e natural e uma progressão serena, com base na competência e cimentada em princípios, como a humildade, o querer e o ser. Lidar com pessoas não é nada fácil. São muitas as sensibilidades e os interesses. Gerir uma equipa de cerca de três dezenas de colaboradoras e mais de trezentos utentes e seus familiares é uma tarefa difícil e monstruosa e tu conseguiste-o com grande serenidade e harmonia, mas ao mesmo tempo com muita responsabilidade e exigência e os resultados são de todos conhecidos. Arrisco-me a afirmar que melhor era impossível. Diferente sim, melhor não acredito.

A sua capacidade organizativa e o seu saber fazer cedo deram nas vistas e foi chamada a secretariar a então Diretora, a “Teresinha”, sobrinha do presidente da direção.

Entretanto, por razões do foro pessoal, a “Educadora Teresinha”, que andava a concorrer há tempos para o setor público, foi colocada num estabelecimento na Estela e de um momento para o outro apresentou a sua, compreensível, demissão.

Quem foi chamada a substitui-la?

Foi a Elsa Fernandes e logo aceitou.

Esperava-a uma missão do tamanho do mundo: Dar continuidade ao trabalho até ali desenvolvido por pessoas de excecional desempenho, como foi o caso da D. Arminda, que também se havia reformado e deixado grande saudade junto de toda a comunidade. Lembro-me como se fosse hoje, a festa de despedida que lhe foi feita, com uma missa e tudo. No final da missa, na igreja, houve lugar a algumas intervenções que visaram o reconhecimento do trabalho desenvolvido e eu fui uma das pessoas que subi ao púlpito e deixei palavras de louvor e agradecimento à Dª Armindo. Esta é também uma das razões que me permite estar hoje a dirigir-me a todos vocês. Fi-lo com a Dª Arminda e por maioria de razão não podia deixar de o fazer com a Elsa.

Bem, mas a Elsa não teve qualquer receio. Bem pelo contrário. Aceitou o lugar e logo pôs mãos à obra. Se pôs.

Pegou numa instituição pequenina, com cerca de 50 utentes, algumas, poucas valências e à volta de uma dúzia de colaboradoras. Havia uma carrinha e as instalações limitavam-se à ex. residência paroquial, na sua forma e tamanho originais.

Houve que apostar na qualidade dos recursos, alargar as respostas sociais e educacionais, remodelar e ampliar as instalações, motivar as colaboradoras, acarinhar os utentes e cativar novo público-alvo.

Os órgãos sociais, aos quais também tive, durante algum tempo, o prazer de pertencer, incluindo o Pároco, presidente por inerência do cargo, deram o seu apoio incondicional.

Hoje temos um Centro moderno, com todas as valências e mais algumas, como é o caso da Cantina Social, única das IPSS’s no concelho, quadruplicou o número de viaturas, as instalações foram intervencionadas, modernizadas e ampliadas e os utentes a passar as três centenas. Funcionários, neste momento, são cerca de trinta.

Tudo isto gerido pela Elsa e a sua fantástica equipa. Equipa que alias a Elsa sempre soube motivar e ter do “seu” lado, com o único propósito de servir com excelência em todas as valências, para o bem-estar dos utentes e da própria comunidade local e até concelhia, pois hoje, como sabemos, recebe utentes de praticamente de todas as freguesias do concelho e de concelhos vizinhos, como Barcelos.

Não foi a Elsa que fez tudo. Não. Nem ela nunca puxou para si própria os “louros” do sucesso. Mas eu que estou de fora, mas por dentro, sei que foi graças a ela, com o seu saber e humildade que conseguiu sempre da direção o que era preciso, que pôde contar com a solidariedade e o profissionalismo da sua equipa e que sendo quem é e como é, soube com grande mestria ganhar o carinho e o respeito dos seus utentes, desde os mais pequenitos, do berço, aos mais velhos, da valência do Centro de Dia.

A Elsa ganhou o respeito não só da instituição, órgãos sociais, colaboradoras, utentes e familiares, como e principalmente das instituições parceiras, com quem sempre contou, como a autarquia local (que liderei), do Município de Esposende e da Rede Social, do Instituto da Segurança Social, do Instituto do Emprego e Formação Profissional e todos os demais parceiros com quem foram protocolizados serviços e valências.

A Elsa foi, nestes últimos 20 anos a cara e o corpo do Centro. A sua imagem. Ela sabe-o, mas nunca se vangloriou disso, bem pelo contrário, sempre geriu de uma forma discreta, mas sábia e competente, deixando que as conquistas e o sucesso fossem distribuídos pelas suas colaboradores e pela própria instituição.

A Elsa implementou um sistema de gestão de grande eficácia e eficiência. Conseguiu sempre, fazer cada vez mais, sem que isso implicasse um aumento direto de custos. A sua ação não se limitou às áreas social e educacional. O Centro tem hoje uma oferta global de serviços a satisfazer as necessidades e anseios de toda a comunidade. Deixa uma Instituição renovada, moderna, de qualidade reconhecida, uma referência no distrito e com uma boa saúde financeira. É verdade! Até no panorama nacional se salientaram, vencendo, por exemplo, um prémio nacional de inovação do MIES.

Quem conhece a Elsa sabe do que é que ela é capaz e sabe, porque disso deu provas, que primeiro estão sempre os mais frágeis, os mais desprotegidos e os mais necessitados. Só depois disso, vem todos os outros. A Elsa só sabe estar de corpo e alma e nestes últimos 20 anos, deu tudo pelo Centro, pelas crianças, pelos “velhinhos”, pelas colegas, por Curvos.

Nesta hora da sua saída, por sua própria iniciativa, não poderia deixar de escrever estas simples palavras de agradecimento, de um pai que teve o privilégio de ter 4 filhos que passaram (uma ainda lá está) por uma instituição tão especial como esta.

Posso aqui afirmar que o Centro Social de Curvos contribuiu ativa e decisivamente no processo educativo dos meus filhos e certamente de muitos dos Vossos filhos ou familiares. Os meus filhos foram sempre aqui recebidos com um enorme carinho, tanto pela Elsa como por todas as colaboradoras, independentemente das suas funções ou graus de responsabilidade. Aqui muito se divertiram, brincaram, estudaram e aprenderam. Sempre recebidos com sorrisos, sabia que aqui ficavam num ambiente tranquilo e em segurança. Com uma excelente orientação pedagógica e afetiva pude ver os meus filhos crescer e assistir à sua transformação, dia após dia, ano após ano, como seres humanos pensantes, com capacidade e autonomia para desde cedo irem começando a tomar pequenas decisões e para gerirem os seus conflitos, no fundo, preparando-se para a vivência comunitária.

A Elsa é uma mulher de princípios e sempre pugnou por dar os melhores conselhos, apoio, educação e carinho. No fundo, sempre esteve ali um ombro amigo, uma pessoa a quem utentes e familiares puderam confidenciar as suas tristezas, os seus problemas e as suas alegrias. A Elsa, merecidamente, ganhou a confiança de todos.

O meu mais profundo agradecimento, pois, em geral a toda a equipa e em especial à Elsa por tudo aquilo que fez, pelo que ajudou a fazer, pela excecional pessoa que é, dotada de invulgares qualidades humanas e de uma competentíssima capacidade de gestão.

Curvo-me, enquanto pai, encarregado de educação e cidadão, perante o trabalho que desenvolves-te e espero que o Centro Social de Curvos continue a desenvolver essa obra social e educacional tão necessária, tão útil e tão notável.

Elsa sei que te vai custar deixar os teus “meninos” e os teus “velhinhos”, as tuas colegas, que vais sentir saudades, que te vão cair lágrimas, mas a vida é mesmo assim e o que te desejo são as maiores felicidades para a tua vida e eventuais projetos que venhas a abraçar. Quem te conhece sabe que a integridade, a perfeição e a exigência que colocas em tudo que fazes te vão permitir continuar, seja onde for, a ser uma grande profissional. Boa sorte.

Quem liderou uma instituição que trabalha com a coisa mais preciosa que uma família tem, que são os nossos filhos, a coisa mais preciosa que pode haver, está pronta para liderar qualquer projeto. Deixar os nossos filhos numa instituição que nos dá todas as garantias e nos permite seguir para os nossos trabalhos de uma forma tranquila, merece tudo do melhor.

Nota final:
O facto de ser marido da Elsa, em nada, assim o espero, me condicionou na escrita desta «carta aberta», bem pelo contrário, talvez me tenha impedido de ir mais longe nas referências e no elogio. Escrevi esta carta e estou a torna-la publica sem o conhecimento da Elsa, porque, quem a conhece sabe que ela jamais me “autorizaria” a fazê-lo.

Elsa desculpa o atrevimento, mas pelo que fizeste e continuarás a fazer mereces esta carta e mais umas centenas ou milhares delas, talvez tantas quantos os utentes que pelo Centro passaram.

A mais justa homenagem que o Centro Social de Curvos te pode fazer é dar continuidade ao teu louvável trabalho, continuando a ser uma instituição de vanguarda e referência, que orgulhe quem a frequenta e quem nela trabalha ou com ela colabora.
Que o Centro, superiormente presidido pelo Pároco de Curvos, Sr. Padre Armindo Patrão de Abreu, continue a contribuir decisivamente para a felicidade de todos nós.

Bem-Haja.

O meu e certamente de muitas centenas de outros encarregados de educação, dizia eu o meu MUITO MUITO, MAS MESMO MUITO OBRIGADO!

Reconhecido para sempre,😉

À Elsa Gonçalves Fernandesum abraço bem f❤️rte!

Mário Ferreira Fernandes
Curvos, aos 28 dias do mês de Julho do ano de 2017.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

PARABÉNS D. JORGE ORTIGA PELO 50º ANIVERSÁRIO DE SACERDÓCIO



Muitos parabéns ao Sr. Arcebispo Primaz, D. Jorge Ortiga, pela forma sábia como tem sabido gerir a Igreja Diocesana. Foram muitos os encontros que tive com D. Jorge Ortiga, tanto na qualidade de autarca como de um simples servidor da Igreja. Um Homem de uma fé inabalável, sempre muito bem-disposto e possuidor de um humor perspicaz, capaz de desarmar qualquer um. Tenho muito boas recordações de todos esses momentos.

Muitos anos de vida.

MF

CENTRO SOCIAL DE CURVOS NA IMPRENSA LOCAL



O "Jornal Notícias de Esposende" desta semana já está nas bancas em todo o concelho. A última página é totalmente dedicada ao desfile e à festa convívio do Centro Social de Curvos. Parabéns, Elsa Gonçalves Fernandes, pela excelência do trabalho desenvolvido!
MF

sexta-feira, 7 de julho de 2017

CURVOS EM FESTA



GRANDE DESFILE EM CURVOS

O CENTRO SOCIAL DE CURVOS ENCERROU O ANO LETIVO COM UM DESFILE MEMORÁVEL NUMA GRANDE FESTA CONVÍVIO

O Centro Social de Curvos realizou na passada sexta-feira, mais uma excelente atividade, destinada a toda a comunidade, para, de uma forma festiva comemorar o encerramento do ano letivo e o início do Programa de Verão na instituição.

O Desfile realizou-se na rua e adro da igreja, contando com centenas de figurantes e um banho de multidão na assistência, com mais de oito centenas de pessoas. Não faltou colorido, música e representação. Ao desfile seguiu-se um jantar convívio onde foi possível provar as iguarias confecionadas no Centro, como sardinhas assadas, bifanas em pão, feijoada, caldo verde e inúmeras sobremesas, de entre muitos outros petiscos... onde não faltou o tradicional champarreão e a animação musical... Uma noite verdadeiramente memorável.

A animação, o espetáculo e o convívio trouxeram um colorido e uma alegria contagiantes. Num desfile a evocar as vivências e os trajes de várias épocas esteve tudo magnifico; O vestuário, o desfile, a música e as atuações. Os utentes, conjuntamente com as funcionárias, foram os grandes “artistas”, trajados a rigor e com muito estilo. A comunidade, tal como vem sendo habitual, marcou presença em número muito significativo, enchendo o adro de Curvos.

Elsa Fernandes, responsável da instituição, deixou “um agradecimento muito especial às centenas de pessoas que fizeram questão de marcar presença; Os utentes, os seus familiares e a comunidade.” Deixou ainda “Um obrigada muito sentido a toda a equipa do Centro Social de Curvos que comigo tem trabalhado, pela entrega, pela dedicação, pelo profissionalismo, pelo empenho e pela solidariedade; Funcionárias, voluntários e colaboradores”.

Entretanto está já em curso um rico programa de atividades de verão destinado a todos os utentes e a muitos outros interessados em participar nos cursos de férias vocacionados para inúmeras temáticas, como a culinária, as artes, os trabalhos manuais, a história, a música, os passeios ao Alentejo, a Trás-os-Montes e a vários outros destinos e a habitual ida à praia.

Aproveito para desejar a todos umas ótimas férias.

MF












quinta-feira, 22 de junho de 2017

MAIS CRÓNICAS



Mais uma encomenda de 20 acabadinha de chegar. Alguns já estão reservados. Sobram 4. Se alguém estiver interessado em adquirir algum, pode enviar por mensagem.

MF

quinta-feira, 25 de maio de 2017

FESTA DA FAMÍLIA EM CURVOS


Na "Festa da Família", em Curvos.


Parabéns ao Centro Social de Curvos e a todas as suas colaboradoras, utentes e familiares. Uma festa lindíssima, com Elsa Gonçalves Fernandes. ;)